Aplicativos para celular ou desktop?

Tempo de leitura: 4 minutos

Quando os primeiros transistores foram desenvolvidos nos laboratórios Bell no início dos anos 70, ninguém imaginava que a eletrônica que se desenvolveria e alcançaria a força que tem hoje. Os Smartphones e a incrível popularidade dos aplicativos mobile são as provas desta força. Na atualidade eles são grandes marcas de como a tecnologia de hoje gira em torno da conectividade e acesso à rede mundial de computadores. Os primeiros transistores estariam orgulhosos de seu legado caso pudessem ver a expansão do mercado de telefonia móvel no mundo.

Com a miniaturização e refinamento das tecnologias de hardware e software, criou-se o pano de fundo ideal para que o Smartphone. O desenvolvimento da internet nos anos 90 também ajudou. Hoje o Smartphone é fundamental na vida diária do mundo moderno. A Internet das coisas vem prometendo ainda expandir a conectividade para além dos celulares inteligentes.

Nesse post você vai conhecer alguns dos números do mercado de Smartphones no mundo. Vai entender o porque esse equipamento tem dado o tom no mundo do desenvolvimento de software mobile e novos apps para celular.

Usuários de smartphones no mundo

Você tem ideia de quantas pessoas utilizam Smartphone ao redor do mundo? Todos os dias quando você é despertado pelo seu Smartphone. Verifica suas notificações de aplicativos antes de sair de casa. Passa pela sua cabeça o número de pessoas ao redor do globo que fazem exatamente essas mesmas coisas na hora de acordar?

O número de usuários de Smartphones já alcançou o patamar dos bilhões de usuários em todo o mundo. A figura 1 mostra em detalhes como esse número tem se comportado nos últimos anos e as projeções de crescimento para os próximos anos.

Aplicativos para celular ou desktop?Figura 1: Crescimento do número de usuários de Smartphones em todo o mundo. Fonte: www.statista.com

Em 2014 eram 1.57 bilhões de usuários que todos os dias ao acordar provavelmente repetem algumas das mesmas ações que você. Elas verificam as mensagens do Whatsapp ou algum outro aplicativo local de troca de mensagens. Checam as notificações das dezenas de apps nativos que vem instalado na maioria dos Smartphones e coloca o celular no bolso mal tendo levantado da cama.

Para 2020, a projeção é de que o mundo chegue a impressionantes 2.87 bilhões de usuários. Quase o dobro do número de 2014. Embora previsões sejam sempre complicadas, esses números nada mais são do que o reflexo do avanço dos equipamentos móveis. Ainda mais em um mercado tão dinâmico como o de tecnologia. A nova característica de vida que tem permeado a experiência moderna também contribui para isso. Sem falar na conectividade e acesso à rede global de informações.

Aplicativos para celular ou desktop?

Na hora de desenvolver um novo app, muitas empresas praticamente nem pensam mais em uma versão para desktop. As aplicações têm migrado para a nuvem ou para as lojas de aplicativos como Apple Store e Google Play Store.

Na figura 2 vemos outro gráfico interessante sobre essa tendência. Nele temos uma visão clara de como o desenvolvimento de aplicativos para celular tem se tornado uma das principais frentes do mundo de software atual.

Aplicativos para celular ou desktop?

Figura 2: Número de usuários de Smartphones comparado com o número de usuários de computadores pessoais: Fonte: Morgan Stanley Research

Repare que em 2014 foi o momento em que o número de usuários de Smartphones ultrapassou o número de usuários de computadores pessoais. Esse ponto é visto como uma marca da mudança de todo o mercado tecnológico. Ele possui reflexos diretos em como as empresas abordam o desenvolvimento de software e aplicações mobile para os usuários modernos.

Uma vez que o maior número de usuários utiliza o Smartphone é natural que o desenvolvimento de programas seja cada vez mais concentrado em aplicações mobile ou baseadas na nuvem.

Embora os Desktops e notebooks continuem importantes, o número de vendas tem crescido a taxas cada vez menores. Cada vez mais os acessos à rede de internet tem se concentrado nos equipamentos móveis.

E aí? O que todos esses números te dizem a respeito do desenvolvimento mobile e de software em geral? Deixe sua opinião aqui nos comentários. É importante estar atento a esses movimentos. Isso lhe ajudará a adotar as melhores ferramentas e processos, seja em uma empresa ou em sua vida pessoal.

  • André Peixoto Areneiro

    Bom dia Rodrigo. Eu desenvolvo em delphi 7 para desktop desde a vida, mas preciso muito me atualizar. Tanto desenvolvimento web quanto mobile.
    Vou ter apoio e suporte aí pra essa nova jornada?
    Um grande abraço

  • Carlos Eduardo

    São cenários distintos, embora Mobile tem evoluido muito, Desktop por questões de aplicabilidade se mantem forte em seguimentos de sistemas corporativos.
    Concordo com o @gfodranoel:disqus que Mobile para Softwares de gestão empresarial, aplicações comerciais e plataformas que exigem um foco exclusivo em tarefas específicas, neste caso Mobile certamente pode e até deve ser uma extenção do Desktop.

    Meu ponto de vista… Vamos imaginar a grosso modo, um Sistema de transporte onde:

    1 – Desktop (Cliente/Servidor): Operador faz todos os lançamentos e manutenção das informações.
    2 – Mobile App Operacional: Enquanto um operador em campo faz todos os apontamentos em um armazem, administra informações para despacho de cargas etc.
    3 – Mobile App Gerencial: Um Supervisor e/ou Gerente e até Fornecedores e Clientes, acompanham as informações por esta plataforma.

    Já para Sistemas Web, surge então o Mobile First, um conceito aplicado em projetos web onde o foco inicial da arquitetura e desenvolvimento é direcionado aos dispositivos móveis. Cada plataforma deve ser analisada para cada solução, afinal cada negócio tem vantagens e desvantagens.

    Independente da plataforma utilizada, Desktop, Web ou Mobile, o fato é que com Cloud fica tudo mais fácil migrar e evoluir.

    • E isso ai, sem esquecer a internet das coisas, sensores nos transportes públicos coletando emissão de poluentes, KM Rodados, Temperatura da carga, posicionamento, trajeto, etc. Há lugar para todos os tipos de aplicação.

  • Eu tenho a seguinte visão… Desenvolvimento para desktop somente para tratar a complexidade do negócio. Aplicativos mobile é a visão do resultado do negócio…

  • ANDRE BARBOSA PEIXOTO

    Olá. Qual ferramenta utilizar para desenvolver para smartphones?

    • André, eu recomendo o Firemonkey, fique comigo aqui no blog, se inscreva na minha lista vip pois todas semana eu posto um artigo novo e vamos falar sobre isso, inclusive com alguns vídeos..

    • André Peixoto Areneiro

      Eu desenvolvo em delphi 7 para desktop desde a vida, mas preciso me atualizar.
      Vou ter apoio e suporte aí pra essa nova jornada?

  • Ricardo Lopes

    Meu início …CP 500..286..386
    486 era servidor…da pra sentir que
    Sou jurácico…passei pelo dbase…clipper..mumps…sql windows..visual basic..e delphi XE8…indroid e ios

    HOJE NÃO QUERO MAIS SABER…
    TO FORA DAS EXPLORADORAS E DESUMANAS FÁBRICAS DE SOFTWARE…E DEPRESSIVOS OU DE FDP
    EXIGEM MUITO POR SALÁRIO DE FOME E INFELICIDADE…ONDE SÓ
    OS DONOS CAPITALISTAS GANHAM….PULEI FORA DESSA EXPLORAÇÃO…

    • Que pena Ricardo, com tanta experiência você poderia empreender, criar sua software house e cuidar dos desenvolvedores de forma diferente. Dar a eles uma experiência diferente da que você teve. Tenho certeza que você seria um excelente empresário e saberia dividir com todos as conquistas realizadas.

      Espero que ainda esteja em tempo, precisamos de mais pessoas com a sua visão.

      Abraços!